↑ Retornar para Alimentação

Regras de ouro das combinações alimentares

Alimentos  regras

1 –Não comer na mesma refeição alimento de amido com alimento ácido.  A digestão dos amidos começa na boca sob a ação da ptialina da saliva. O ácido destrói a ptialina. Assim a digestão pára sobrecarregando o estômago. Pode gerar hiper-acidez, causar fermentações e perturbações. Portanto não misture pão, batata, banana, arroz, mandioca, aveia etc com laranja, limão, tomate, tangerina, uvas ácidas, vinagre etc.

 2 –Não comer na mesma refeição alimentos com proteína e alimentos ácidos. A digestão das proteínas é realizada no estômago sob a ação da enzima pepsina em um ambiente ácido segregado pelo próprio estômago. Outros ácidos destroêm a pepsina ou impedem a sua função. Portanto não comer juntos feijão, carne, peixe, ovos, queijos, castanhas etc com laranja, limão, abacaxi, tomate, vinagre etc. O correto é comer o alimento ácido 15 ou 30 minutos antes da refeição.

3 –Não comer na mesma refeição alimentos com proteína com alimentos de amido. A digestão do amido se faz sob a ação da ptialina em meio neutro ou alcalino, iniciando-se na boca com a mastigação. A digestão da proteína se faz pela ação da pepsina em meio ácido, iniciando-se no estômago. Assim quando o amido chega ao estômago ele absorve a pepsina e impede a ação do ácido clorídrico, prejudicando a digestão da proteína, causando fermentações e gases. E assim ambos são mal digeridos. Evitar portanto as misturas de carne, peixe, ovos, queijos, castanhas, feijões etc, com pão, batata, arroz, mandioca etc.

 4 –Não comer na mesma refeição mais de um tipo de proteína. As proteínas requerem secreções digestivas, concentrações e tempos diferentes para serem digeridas. Ao ingerir dois prótidos diferentes vamos causar perturbações  ao estômago e má digestão destes alimentos. Exemplos: Dois tipos de carnes ou dois tipos de castanhas podem ser misturados, mas deve se evitar de misturar carne e ovos, carne e queijo, ovos e leite,  feijão e carne etc.

 5 –Não comer na mesma refeição proteína e gordura.  A gordura reduz a atividade das glândulas gástricas, reduzindo a capacidade do estômago de digerir as proteínas. Portanto não se deve ingerir carnes, queijo, peixe, ovos, leite, com manteiga, óleos, frituras, gorduras etc. Os vegetais crus tem o poder de neutralizarem o efeito das gorduras, assim se comermos uma grande quantidade de folhas verde escuras, pode-se usar moderadamente esta mistura.

 6 –Não comer na mesma refeição açúcares e amidos. O açúcar provoca a secreção de muita saliva sem ptialina a qual vai ser necessária para a digestão do amido. Além disso a digestão dos açúcares acontece nos intestinos. Assim quando são ingeridos juntos, nem o açúcar pode descer aos intestinos nem o amido é bem digerido, pela falta de ptialina. O resultado é uma grande fermentação e má assimilação de nutrientes. Devemos evitar as misturas do tipo:  açúcar, mel, geléias, doces, melado, xaropes etc, com pão, banana, batata, aveia, bolos etc.

 7 –Não comer mais de um tipo de alimento de amido na mesma refeição. Através desta regra impedimos o excesso de amiláceos e a consequente fermentação e má digetão. Vamos evitar então misturar batata com pão, arroz com trigo, arroz e mandioca etc.

 8 –O leite deve ser tomado sozinho. O leite é um isolador gástrico pois o seu  creme detém os sucos gástricos por algum tempo, não sendo digerido no estômago mas no duodeno. Por isso o estômago não digere nada na presença do leite.

 9 –O mel, melado, açúcar mascavo, rapadura, muito úteis a saúde junto com os demais doces devem ser consumidos isoladamente, longe das refeições. A sua digestão acontece nos intestinos e ao ser ingerido junto  com outros alimentos provoca fermentação e má digestão.

 10 –As frutas devem ser ingeridas isoladamente e longe das refeições, pois as frutas só permanecem no estômago de 30 a 90 minutos, passando então ao intestino delgado onde será digerida. Ingerida com outros alimentos , prejudicam-se mutuamente e causam fermentações. Deve-se comer frutas doces, ácidas e oleaginosas separadamente se mistura-las entre si.

 Autor: Wellington Lee Schetinger

Farmacêutico e acupunturista